Compostos orgânicos: Seguros e vantajosos

COMPARTILHE:

Felizmente o planeta está despertando para a importância do uso de produtos oriundos de sobras e resíduos de diversas cadeias produtivas, em especial do agronegócio. Isso está alinhado com o tripé da sustentabilidade, composto por três pilares, sendo eles: ambiental, econômico e social.

Os fertilizantes gerados a partir de resíduos orgânicos, chamados de compostos orgânicos, são uma das vertentes que brotam a passos largos.

Os compostos orgânicos são resultado de processo biológico, proveniente da mistura e transformação natural de diferentes resíduos orgânicos, processo este chamado de compostagem.

O processo de compostagem é a garantia de qualidade e da biossegurança do produto final, os compostos orgânicos. Alguns fatores como a temperatura da biomassa e tempo de processamento, eliminam os micro-organismos indesejáveis do ponto de vista da saúde humana, sanidade animal e equacionam a vida biológica do solo, já que os compostos orgânicos são usados para melhoria da fertilidade do solo.  São produtos com sua segurança credenciada, tanto na produção quanto no uso, por entidades como FEPAM, IBAMA e Ministério da Agricultura.

Outro aspecto fundamental é que as unidades de compostagem não produzem resíduos, ou seja, além de transformarem esses passivos ambientais em produtos nobres para uso em diversas situações, são indústrias limpas sob o ponto de vista ambiental.

Autor: Eng. Agrônomo Jair Pimentel

Seja um Associado

Para se tornar um associado, preencha o formulário e nossa equipe de consultores entrará em contato para agendar uma visita. Ou, se preferir, agende o atendimento pelo e-mail [email protected].

Já preencheu e enviou o formulário?

Parabéns!

Agora é só aguardar eu verificar as informações e entrar em contato com você!

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa  Política de Privacidade.