Nova diretoria da Assiferto RS busca aproximação com o Ministério da Agricultura

COMPARTILHE:

Entidade estadual destaca a importância do setor de fertilizantes no PNF

Porto Alegre –  A atividade, no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, junto ao Serviço de Fiscalização de Insumos e Sanidade Vegetal, integra o roteiro de visitas da Associação das Indústrias de Fertilizantes Orgânicos do Rio Grande do Sul pela capital do Estado, com objetivo de aproximar a entidade estadual dos órgãos representativos do setor.

O presidente da Assiferto RS, Thiago Stella de Freitas, e o vice-presidente, Fernando Lanius conversaram com o chefe do serviço, Emerson Luis Nunes Costa e José Otávio Oliveira.

A associação foi criada em 2017 para fortalecer e consolidar o manejo adequado de materiais orgânicos fabricados a partir de compostagem, biodigestão, hidrólises e outros processos que permitem garantir os níveis de nutrientes adequados, bem como a segurança sanitária, toxicológica e ambiental, de acordo com a legislação vigente.

As empresas associadas produzem e comercializam mais de 90% do volume total de fertilizantes orgânicos com registro no Estado e reciclam um volume anual de um milhão de toneladas, que, após a sua industrialização, retornam ao ciclo produtivo sem impacto ambiental.

Além de buscar essa aproximação com o MAPA, Stella garantiu que outro objetivo foi destacar a importância do setor de fertilizantes orgânicos no Plano Nacional de Fertilizantes. “ É indispensável aumentar a produção interna e reduzir a dependência internacional de fertilizantes para que o país possa continuar contribuindo para o abastecimento da população mundial. Neste sentido, as cadeias emergentes desempenham um papel estratégico fundamental para a implementação do Plano Nacional de Fertilizantes e para garantir a implantação de uma produção cada vez mais sustentável.”

Os fertilizantes são itens fundamentais para garantir a nutrição necessária para as plantas e auxiliam o Brasil a ser o quarto maior produtor mundial de grãos, responsável por 7,8% da produção do planeta.

Os produtores de alimentos orgânicos certificados possuem grande carência por fertilizantes devidamente registrados e certificados, que atendam às suas necessidades para evitar que recorram ao mercado informal e/ou abandonem a atividade justamente devido à falta de produtos com tais características.

Durante o encontro, os fiscais do Ministério sugeriram ações como treinamento dos responsáveis técnicos das empresas da Assiferto, com objetivo de esclarecer a legislação, o  que é necessário para um bom fertilizante orgânico, as questões de segurança alimentar e ambiental.

Sobre a ASSIFERTO RS 

As empresas associadas da ASSIFERTO têm produtos diferenciados porque possuem altos teores de carbono orgânico, fornecendo insumos de qualidade também para a agricultura orgânica, contribuindo assim para a evolução deste setor no Brasil.

A associação representa a categoria econômica das Indústrias de Fertilizantes que reciclam resíduos orgânicos classes I e II. Para participar da associação, os requisitos mínimos são: ter protocolado ou deferida a licença ambiental e registro do estabelecimento e dos produtos no MAPA.

Seja um Associado

Para se tornar um associado, preencha o formulário e nossa equipe de consultores entrará em contato para agendar uma visita. Ou, se preferir, agende o atendimento pelo e-mail [email protected].

Já preencheu e enviou o formulário?

Parabéns!

Agora é só aguardar eu verificar as informações e entrar em contato com você!

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa  Política de Privacidade.